• Jogos Estudantis de Taquara
  • Festa das Crianças
  • Praça Beira Rio
  • Varal Solidario
  • Carreteada na Expocampo
  • EMEI Vovó Arlete
  • Desfile Natal Mágico
  • Conscientização sobre a Dengue nas escolas

Editorias
Segunda-feira, 08 de Julho de 2019 15:24 - Secretaria Municipal de Segurança, Trânsito e Mobilidade Urbana

Omissão da comunidade em registrar ocorrências de pequenos roubos e furtos dificulta a coleta de dados dos órgãos de segurança

Representantes da segurança pública estadual participaram do encontro Foto: Magda Rabie Representantes da segurança pública estadual participaram do encontro

A supressão nos registros de ocorrência, os conhecidos boletins de ocorrência (B.O.), por parte da comunidade foi assunto tratado durante reunião com representantes da segurança pública estadual, municipal, do legislativo e executivo de Taquara, na terça-feira, 2 de julho. O encontro para a reestruturação do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM) discutiu, dentre outras matérias, a omissão na averbação de pequenos roubos e furtos como uma das principais preocupações no que tange à disposição de dados para a elucidação da realidade criminal da região.

 

Para o vice-prefeito, Hélio Cardoso Neto, a realidade dos fatos garante a busca de ações viáveis ao controle da criminalidade, já que os números são essenciais para a articulação de projetos. “A comunidade deve se envolver para que as ações tenham mais força. Vamos organizar um encontro com as entidades e a comunidade, buscando que nos auxiliem na divulgação da importância do registro, mesmo de pequenos roubos e furtos, os quais as pessoas acabam deixando de lado e não registram ocorrências”, revela o vice-prefeito.

 

A presidente da Câmara de Vereadores, Sirlei Silveira, entende que com dados coerentes e precisos, pode-se mapear a criminalidade por área, seguindo em busca de ações específicas para cada bairro, cada local. “Há muita queixa da população, mas sem denúncias e boletins; ficando difícil fazer ações mais efetivas. Precisamos de um trabalho de conscientização, pois são necessários registros. Temos que comprovar a realidade com dados estatísticos para não frustrar resultados mais efetivos. Fazer um trabalho dentro das escolas seria uma das alternativas”, observa Sirlei.

 

Participando da reunião, o secretário de Educação, Cultura e Esportes, Antônio Edmar Teixeira de Holanda, reitera. “É fundamental termos estes dados para apresentarmos a todos. Com os indicadores podemos trabalhar. Temos 38 escolas municipais, 11 estaduais e 12 privadas, bem como as Faculdades Integradas de Taquara (Faccat) e outras de educação à distância. Podemos juntos fazer um trabalho bem positivo neste sentido”, menciona Holanda.

 

Ainda sobre a negligência da comunidade em registrar os pequenos roubos e furtos, a secretária executiva do GGI estadual, Eliege Teixeira, menciona. “Não há como planejar ações sem registros. Uma alternativa é a realização de fóruns regionais com a comunidade para conscientizar esta importância. Seja um celular de baixo valor, precisamos saber que houve este furto para desencadear ações para que não ocorra novamente. Através de parceria com a universidade pode-se fomentar parâmetros para este fim. Além dos nossos dados que são mais brutos, ter este refinamento com o auxílio das escolas é ideal para descobrirmos o que acontece naquela determinada região, é um termômetro local”, revela Eliege.

 

O major Costa Limeira, da SSP/ GGI, disse que a intenção da Secretaria Estadual de Segurança Pública é justamente assessorar, trazer a metodologia que está sendo adotada no estado que é a integração dos municiípios para se pensar estratégias eficientes. “Não adianta haver reuniões sem encaminhamentos. A ideia é que se identifique os problemas específicos de Taquara, às vezes, não é um problema criminal, mas que vai afetar mais adiante esta questão. Como o Município é circundado por várias ERS é possível, pelo DAER, agregar a tecnologia de cercamento eletrônico obtendo um sistema mais robusto de monitoramento”, comentou o major.

 

O encontro deliberou também sobre a composição do GGIM; do projeto pioneiro que é o Estacionamento Comunitário, administrado pelo Consepro, onde parte dos recursos são destinados para a segurança pública do Município; sobre a proposta de transferência do Posto da Polícia Rodoviária, localizada no Km4 para um local de mais acessibilidade; sobre o videomonitoramento e a importância do cercamento eletrônico; também foi averiguada a presença do secretário estadual de Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, em uma das reuniões do GGIM. Todas as deliberações serão encaminhadas ao prefeito Tito Livio Jaeger Filho para formalização.

 

A reunião também contou com as seguintes presenças: secretário de Captação de Recursos, Paulo Möller; bombeiro militar, Jacob Gallas; comandandate da Brigada Militar, capitão Juliano Cardoso; comandante do pelotão da Cia de Taquara, Márcio dos Santos; comandante do Comando Rodoviário, Luciano Werle; representante da OAB, Henrique Pereira; coordenador de Defesa Civil, Paulo Melo; funcionária da Câmara, Thamiris Carolina dos Santos; diretora do Presidio Estadual de Taquara, Mara Pimentel; Franciele Neves, SSP/ GGI; delegada Rosane de Oliveira; representante do Consepro, Denis Lemos e a secretária do GGIM, Lilian Roberta Renck.

 

 

-- 
Jornalista Magda Rabie - Mtb 13619
Assessoria de Imprensa

Fotos

GGIM 02 07 2019 6 imagens na galeria
Representantes da segurança pública estadual participaram do encontro Magda Rabie
Representantes da segurança pública estadual participaram do encontro
Foto: Magda Rabie
Reunião do GGIM com representantes do Estado Magda Rabie
Reunião do GGIM com representantes do Estado
Foto: Magda Rabie
Reunião do GGIM com representantes do Estado Magda Rabie
Reunião do GGIM com representantes do Estado
Foto: Magda Rabie
Reunião do GGIM com representantes do Estado Magda Rabie
Reunião do GGIM com representantes do Estado
Foto: Magda Rabie
Reunião do GGIM com representantes do Estado Magda Rabie
Reunião do GGIM com representantes do Estado
Foto: Magda Rabie
Reunião do GGIM com representantes do Estado Magda Rabie
Reunião do GGIM com representantes do Estado
Foto: Magda Rabie

Acessibilidade

A + A A -
Prefeitura Municipal de Taquara (RS)
Rua Tristão Monteiro, 1278
Fone (51) 3541.9200